Ir para conteúdo

BMW prova que o i3 pode estabilizar rede elétrica e reduzir conta de luz

Durante Global Climate Action Summit de São Francisco, que se encerra hoje (14/9) na Califórnia (EUA), a BMW Group apresentou os resultados do projeto ChargeForward, em prol da maximização do uso de eletricidade de recursos renováveis ​​para carregar carros elétricos. As principais descobertas foram as seguintes:

1- Os veículos elétricos podem ajudar a estabilizar a rede pública e maximizar a porção das energias renováveis.

2- Os motoristas estão dispostos a mudar seus hábitos de cobrança para se alinhar às energias renováveis, dadas as mensagens e os incentivos corretos.

3- As empresas de energia podem ajudar a aumentar a cobrança durante o dia com as energias renováveis, apoiando as empresas na adição de cobrança no local de trabalho.

4- Programas como o ChargeForward melhoram a compreensão dos clientes sobre como a rede funciona, o que os ajuda a se tornar consumidores de energia mais instruídos.

P90321825_lowRes_with-bmw-i-chargefor

conclusão é que os proprietários de todos os carros eletrificados poderiam disponibilizar suas baterias de alta tensão como um amortizador de flexibilidade para a energia gerada a partir de fontes renováveis. Ao mesmo tempo, eles poderiam receber bônus, sendo cobrados na melhor hora possível – e, portanto, maximizando a proporção de energia que usam – se estão em casa, fora de casa ou usando uma instalação de recarga pública.

SAIBA MAIS: Mundo atinge o marco de 4 milhões de carros elétricos vendidos

O aplicativo de celular ChargeForward permite o carregamento flexível de veículos a partir da rede elétrica. O processo de carregamento pode ser pausado quando a rede apresenta uma demanda muito alta e, em seguida, reiniciado quando o pico diminuir. Os motoristas são informados de qualquer pausa de cobrança por uma mensagem no smartphone. Como um cliente raramente precisa usar o tempo todo que seu veículo está estacionado para carregar, em muitos casos ele pode se beneficiar de períodos em que a eletricidade está disponível a um custo menor.

bmw_i3

Esse projeto de inovação lançado pela BMW e pelo fornecedor de energia Pacific Gas&Electric (PG&E) na baía de São Francisco está em funcionamento desde 2015. Atualmente, 350 proprietários de veículos elétricos das marcas BMW e Mini estão participando do programa pioneiro.

 

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: