Ir para conteúdo

Ford perderá seis modelos nos EUA até 2023, mas ganhará outros nove

SUV médio e picape compacta interessam diretamente à Ford Brasil

Apesar de ter tirado o pé na produção de carros de passeio, a Ford promete ampliar de 20 para 23 sua lista de modelos nos Estados Unidos até 2023. A informação é da agência Automotive News, que entrevistou o chefe de produto Hau Thai Tang. Segundo ele, a marca do oval azul terá nove modelos inéditos até 2023,  sendo sete picapes e SUVs.

Ford-Bronco
Projeção do Ford Bronco feita pelo blog Bronco6G.com. Modelo chega às lojas em 2020

Os novos modelos vão preencher as lacunas deixadas pela eliminação dos modelos Fiesta, Focus, Taurus, Fusion, C-Max e Flex, resultando em um ganho líquido de três modelos na lista. A revisão de sua linha é uma estratégia da Ford para reduzir de 5,7 anos para 3,3 anos a idade média de seus produtos na rede de concessionárias até 2020.

LEIA MAIS: VW e Ford planejam parceria global em veículos comerciais

Executivos da Ford prometeram substituir os sedãs que estão saindo da América do Norte por outros tipos de veículos. A marca também está adicionando dois utilitários off-road nos próximos anos: o Bronco (um SUV à moda antiga, com chassi de picape) e um SUV médio, do porte do Jeep Compass, ainda sem nome, que interessa muito à filial brasileira do grupo.

ford-fusion
Ford Fusion sairá de linha nos EUA, e com isso deixará de ser trazido para o Brasil

A lista inclui ainda a nova picape Ranger, um crossover elétrico inspirado no Mustang e um veículo autônomo comercial. A Ford também está considerando uma picape compacta para o mercado até 2022, do porte da Fiat Toro, outro modelo de grande interesse para o mercado brasileiro. A Ford planeja ter apenas cinco plataformas modulares globais, todas com possibilidade de receber propulsão híbrida.

 

Categorias

Buzz, Radar

Tags

, ,

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: