Ir para conteúdo

ZF apresenta sistema que faz passageiro ignorar estar num carro em movimento

Existe mais tecnologia do que se pode imaginar em veículos autônomos. Para quem pensa que basta ter sensores e central de inteligência de última geração, a alemã ZF tem apresentado uma série de tecnologias que complementam as exigências de automação para vários tipos de veículo. Um dos mais importantes é o novo sistema de chassi totalmente ativo, o sMOTION, que reduz os incômodos movimentos de carroceria do automóvel causados por buracos, relevos ou curvas. Além de aumentar o conforto, o sMOTION leva o manuseio e a segurança a um novo nível por meio de um atuador que controla as rodas, adaptando a compressão e o rebote do pistão para cada situação de movimento e condição da estrada.

15309993746dc049dc736ad8863ae12ea6e0a3a6f0

Com os amortecedores inteligentes da ZF é possível eliminar quase todos os movimentos e vibrações desagradáveis da superfície da estrada. Essa inovação não apenas elimina desconfortos causados por grandes buracos ou desnivelamentos, como também é totalmente eficaz contra o arremesso para a frente ou para trás durante a desaceleração e aceleração, assim como a inclinação ao virar ou mudar de faixa.

Segundo Holger Klein, chefe da Divisão de Tecnologia de Chassis de Carros da ZF, quando se trata do desenvolvimento de condução totalmente automatizada e autônoma, o chassi desempenha um papel fundamental. “Quando o piloto automático assume o volante, todos os passageiros querem estar completamente relaxados e alheios aos movimentos do veículo, independente do que esteja acontecendo na estrada”.

153099920750397758cc49dace031860a6b86e8cc1

A característica especial do sistema sMOTION consiste em uma unidade de bomba de motor elétrico externa bastante compacta com eletrônica integrada, que funciona como um atuador bidirecional em cada roda. Esse atuador pode levantar e abaixar ativamente a haste do pistão e subsequentemente cada roda individualmente. Essa tecnologia oferece o controle ideal sobre todos os movimentos de baixa frequência do carro. Ao fazer uma curva, por exemplo, as duas rodas internas podem ser retraídas e as externas estendidas, permitindo que o carro permaneça praticamente na horizontal. O mesmo se aplica a longos trechos dos relevos da estrada.

Em rede com sensores ambientais, tais como câmeras, o sistema sMOTION pode até mesmo detectar antecipadamente as condições da estrada, como buracos, e preparar os atuadores por meio do controle preditivo. O sMOTION também inclui distância dinâmica do solo para cada eixo ou lado específico, assim como para todo o chassi.

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: