Ir para conteúdo

Porsche 70 anos: confira todos os modelos exibidos no Ibirapuera

Por GUILHERME MACHADO (Texto e Fotos)

Porsche 356: O primeiro carro que vi ao entrar, refletindo sua beleza ao ser iluminado por diversos holofotes bem ao centro do salão, foi o icônico, raríssimo e belíssimo 356. Considerado o antecessor do 911, o 356 foi fabricado entre 1948 e 1965. O 356 Roadster foi o primeiro carro a ser fabricado pela montadora alemã. A unidade presente na exposição, um 356 Coupe, possui diversos adesivos que contam um pouco de sua história, que você pode observar na galeria de slides abaixo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Porsche 914/6: Considerado por muitos um “patinho feio”, o 914/6 veio da junção de dois desejos: o desejo da Porsche em substituir o 912 e o desejo da Volkswagen perpetuar o sucesso do Karmann-Ghia. Assim nasceu, no ano de 1969, o 914/6, com 2.0 6 cilindros de 110cv. Mesmo sendo o carro mais feio da marca até então, o 914/6 foi importante para a Porsche, principalmente por dois motivos: conquistou uma vitória de categoria GT de Le Mans no ano seguinte ao seu lançamento, e além disso, foi o primeiro Porsche 6 cilindros com motor central, um primitivo antecessor dos Cayman e Boxster atuais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 911 Carrera RS 2.7:  O 911 mais antigo presente no evento é também um dos mais raros e cobiçados pelos colecionadores. Foi o mais extremo 911 de sua época, produzindo 210cv e pesando 975 kg. A Porsche pretendia produzir 500 unidades do modelo, porém posteriormente decidiram produzir mais, chegando a 1580 unidades. A ideia de colocar um carro de corrida nas ruas foi na verdade uma necessidade para correr com o carro em Le Mans. Diversos 911 modernos pagam tributo ao Carrera RS 2.7 por ele ter sido um modelo histórico tão importante é único.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 911 Turbo (993):  A geração 993 do Porsche 911 Turbo, último 911 Turbo refrigerado a ar. Hoje um desses bem conservado pode valer tanto quanto um 911 Turbo 0 km.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche Carrera GT:  Considerado por muitos o carro mais prazeroso e excitante de se pilotar já fabricado, o Carrera GT conta com um motor V10 central que produz mais de 600 cv, transmitidos às rodas traseiras por uma transmissão manual de seis marchas. Com pouca eletrônica, um comportamento agressivo e um dos melhores roncos já ouvidos em um carro de rua, o Carrera GT oferece uma experiência pura e intensa de pilotagem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 911 GT3 RS (996): Com a atenção voltada novamente para os 911, o foco agora vai para a nova geração de RS. O nome GT3 apareceu pela primeira vez em 1999, com a chegada da geração 996 dos 911. Inspirado pelo lendário Carrera RS 2.7, o 996 GT3 RS foi produzido visando a redução de peso, para se tornar ainda mais leve que o 996 GT3 já existente: as janelas traseiras foram feitas de policarbonato, quase toda a carroceria foi feita de fibra de carbono, o interior, forrado de alcantara, ganhou bancos tipo concha da Recaro e os freios foram aperfeiçoados, podendo ter discos de carbono-cerâmica (opcionais). O resultado foi um carro de 1360 kg que chega aos 100 km/h em 4,3s.

DSC06176

 

Porsche 911 GT3 RS (997.1): Ainda mais extremo que o 997 GT3, o 911 GT3 RS da geração 997.1 usava o mesmo motor do GT3 (3.6 de 415 cv) mas ficou 20 kg mais leve (pesando 1375 kg) e 44 milímetros mais largo na traseira. O carro também contou com rodas de cubo rápido.

DSC06177

 

Porsche 911GT3 RS 4.0: Em 2011, a Porsche produziu uma edição especial do 911 GT3 RS, o 4.0. O modelo contava com motor de maior litragem (4.0 L), 500 cv de potência e foi disponibilizado apenas com transmissão manual. Foram produzidas apenas 600 unidades do GT3 RS 4.0.

DSC06190

 

Porsche 911 GT3 RS (991.1): O último GT3 RS presente no evento foi o 991.1. O modelo, lançado em contou com um motor 4.0 de 500 cv e foi disponibilizado somente com a o câmbio automático PDK de dupla embreagem e sete velocidades. Atualmente, o 911 GT3 RS se encontra na geração 991.2, e conta com um 4.0 reformulado que produz 520 cv, revisões na suspensão e na aerodinâmica.

DSC06195

 

Porsche 911 GT2 RS (997): Na exposição, estava presente uma unidade do 911 GT2 RS da geração 997.2. Diferentemente dos GT3 e GT3 RS, que possuem motores aspirados, os GT2 e GT2 RS possuem motores biturbo. O 997.2 GT2 RS foi apresentado em 2010, e na época era o 911 mais potente da história, com 620 cv e 71,4 kgfm de torque. Com mais controles eletrônicos, o GT2 RS perdeu um pouco da fama de arisco, conquistada na geração anterior (996 GT2 RS), mas ainda assim continuou não sendo um carro simples de pilotar. Atualmente, o novo 911 GT2 RS, da geração 991.2, produz 700 cv, sendo o 911 mais potente da história, e detém o recorde oficial de Nurburgring para carros de rua, tendo feito um tempo de 6 minutos e 47,3 segundos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 911 Sport Classic: Esta foi uma edição especial da geração 997, que contava com elementos de modelos históricos da marca, como o aerofólio “Ducktail” e as rodas retrô, que remontam ao Carrera RS 2.7 de 1973.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 911 Turbo S Exclusive Series: Além do 993, havia na exposição mais um 911 Turbo, o mais recente deles, o Turbo S Exclusive Series. Um dos carros mais belos e cheio de detalhes da exposição, o 911 Turbo S Exclusive Series. Com produção limitada a 500 unidades e potência de 607 cv, sendo o 911 Turbo mais potente já feito. A unidade em exibição foi configurada na cor Guards Red e possui quase todos os opcionais possíveis em fibras de carbono, incluindo as rodas (algo que pouquíssimos superesportivos possuem), o aerofólio traseiro, o difusor traseiro, a capa dos retrovisores, as faixas que percorrem o teto e o capô, as entradas de ar e outras peças que eu nem sei o nome. O carro é um deleite para os olhos e um dos carros de rua mais rápidos da atualidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 911 Carrera GTS (991.2):  Havia também um 911 Carrera GTS da geração 991.2 disponível para que o público entrasse. O GTS é um intermediário entre o Carrera normal e o GT3, sendo um dos 911 mais extremos que pode ser utilizado no dia a dia.

DSC06205

 

Porsche Cayman R: O único Cayman presente no evento era um R, modelo introduzido em 2010, que buscava ser uma versão mais leve e extrema do modelo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Porsche 918 Spyder: O mais recente hipercarro da Porsche conta com um V8 aspirado de 4.6L que produz 612 cv, que se alia a dois motores elétricos, que juntos entregam 282cv. O carro produz 894 cv no total e possui uma transmissão de dupla embreagem PDK de 7 marchas. O carro foi lançado em 2013 e na época foi recordista em Nurburgring, completando o circuito em 6 minutos e 57 segundos. Existem 918 unidades desse modelo no mundo e apenas três no Brasil. Dessas três, a unidade presente no evento é a única que possui o Weissach Package, pacote que adiciona peças aerodinâmicas em fibra de carbono e reduz o peso total do carro em 40 kg. Atualmente essa unidade se encontra adesivada com o livery Salzburg, em vermelho e branco.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Gran Finale: Por fim, ao lado da entrada, havia dois carros de corrida presentes no evento: o histórico 908/02 e o moderno 911 GT3 R. Para tirar o pouco de fôlego que restava dos visitantes, que devem estar ansiosos para uma exposição de 75 anos da marca de Stuttgart.

porshccorrida

 

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: