Ir para conteúdo

Toyota Yaris em dose dupla desafia Polo, Virtus e outros compactos premium

Por GLAUCO LUCENA

22._novo_toyota_yaris_2019

A Toyota nunca foi conhecida por ter pressa em suas decisões no Brasil. Mas agora ela revela uma incomum ansiedade para participar de um segmento que tem se revelado promissor: o dos compactos premium. Afinal, a Volkswagen tem conseguido emplacar cerca de 10 mil unidades por mês da dupla Polo e Virtus, enquanto a Fiat fica está na média de 8 mil/mês da dupla Argo e Cronos. A Toyota, com uma rede de 250 concessionárias (quase a metade de VW e Fiat), pretende vender 5.800 unidades por mês de sua dupla premium, ambos com o mesmo nome: Yaris. Eu particularmente prefiro nomes diferentes para as carrocerias hatch e sedã, mas é tradição das marcas japonesas adotar o mesmo nome.

Ambos já podem ser configurados no site da Toyota e encomendados na rede de revendas, mas o hatch chega antes às lojas, já no fim de junho, enquanto o sedã começa a ser entregue no final de julho. A fábrica de Sorocaba (SP) trabalha em ritmo acelerado para evitar filas de espera, e vai passar a três turnos em novembro, já que o Brasil será base de exportação para vários países da América Latina e Caribe.

19._novo_toyota_yaris_2019

O que AutoBuzz antecipou há duas semanas se concretizou na apresentação oficial do Yaris. Ele tem mesmo motor 1.3 e 1.5 para ot hatch, e apenas 1.5 para o sedã. Tem opções de câmbio manual de seis marchas ou automático CVT que simula sete marchas. E os motores ganharam fôlego em relação aos do Etios, já que o Yaris é maior e mais pesado. O 1.3 subiu de 98 cv para 101 cv, enquanto o 1.5 foi de 107 cv para 110 cv. Também houve ganhos de torque em ambos. Acertamos também a faixa de preço. Vamos a eles:

Toyota Yaris Hatch
XL 1.3 manual – R$ 59.950
XL 1.3 CVT – R$ 65.590
XL 1.5 Plus –  R$ 69.950
XS 1.5 – R$ 74.590
XLS 1.5 – R$ 77.590

Toyota Yaris Sedan
XL 1.5 manual – R$ 53.990
XL 1.5 CVT – R$ 68.690
XL 1.5 Plus – R$ 73.990
XS 1.5 – R$ 76.990
XLS 1.5 – R$ 79.990

As versões manuais são apenas as de entrada, e deverão representar apenas 5% das vendas, segundo a Toyota. A proporção de carrocerias é 55% hatch e 45% sedã. Quase 80% das vendas se concentrarão nas versões intermediárias e topo de gama. Os preços foram cravados levando-se em conta sobretudo a tabela da VW.

39._novo_toyota_yaris_2019

Com uma versão a menos de R$ 60 mil, a Toyota preferiu tirar de linha as versões mais caras do Etios, fazendo com que o Yaris preencha perfeitamente a lacuna entre o Etios e o Corolla. Os executivos da marca admitem que perdiam muitos clientes do Etios, que não tinham como dar o salto de preço para o Corolla. Coma gama completa, a marca espera vender e produzir mais de 200 mil carros este ano, 5% a mais que em 2017, o que será ser recorde histórico no país. Mas a projeção é para um 2019 de novo recorde, já com o Yaris a plena produção em três turnos.

As concorrentes precisam se preocupar com o Yaris? Sem dúvida! E isso inclui Honda Fit e City, e Chevrolet Cobalt, além dos modelos já citados. A maior força da Toyota é a confiabilidade da marca e a fidelidade dos clientes, garantida por um serviço de pós-venda que é visto como referência no Brasil. Além disso, o novo modelo é bem equipado desde as versões de entrada, e traz novidades como controle de tração e estabilidade de série, opção de teto solar (exclusiva no segmento) e assistente de partida em rampa para as versões automáticas. Me parece até que a projeção de vendas de 5.800 unidades para a dupla é conservadora, como é de praxe na marca japonesa. Até o fim do ano saberemos o real tamanho do mercado do Toyota Yaris.

20._novo_toyota_yaris_2019

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Um comentário em “Toyota Yaris em dose dupla desafia Polo, Virtus e outros compactos premium Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: