Ir para conteúdo

Para onde vão as baterias velhas de carros elétricos? Nissan dá o exemplo

Japan Benex, Sumitomo Corp. alimentará una planta con baterías

A vida útil das baterias de carros elétricos gira em torno de 10 anos. E elas ainda podem render muito após este ciclo, embora percam parte da eficiência para movimentar o veículo. O que fazer então com essas milhares de baterias em fim de vida, antes de uma reciclagem final? As marcas especialistas em carros elétricos já falam em várias aplicações possíveis, e a japonesa Nissan já está colocando isso em prática. Afinal, ela se comprometeu a lançar 8 novos carros elétricos até 2022 e ter 40% de sua frota no Japão eletrificada até 2023.

As empresas japonesas Japan Benex e Sumitomo estão lançando o projeto “Future Plant” (Fábrica do Futuro), no qual utilizarão painéis solares, veículos elétricos e baterias de veículos elétricos para abastecer uma fábrica da Japan Benex em Isahaya, no Japão. O recém-desenvolvido sistema de armazenamento de energia combina fontes renováveis, baterias reutilizadas e veículos elétricos para promover o uso eficiente de energia e a sustentabilidade. A Nissan apoiará o projeto fornecendo dez unidades da van elétrica e-NV200, além de baterias usadas.

Nissan_eletrico

Os veículos e as baterias vão ajudar a estabilizar a entrega do sistema de energia solar e reduzir os custos da fábrica com eletricidade. Para isso, utilizará a energia armazenada para reforçar o sistema em momentos de pico de demanda. Além disso, as dez unidades da van 100% elétrica Nissan e-NV200 serão utilizadas pelos funcionários para o transporte dentro da fábrica e suas baterias poderão ser aproveitadas e refabricadas como componentes do sistema de armazenamento de energia.

O sistema foi desenvolvido pela Japan Benex e pela Sumitomo, que fabricam equipamentos para a indústria. O objetivo é a utilização em usinas de energia virtuais, que devem estar em operação no Japão até 2020. Isso ajudará a melhorar o tempo de carregamento e descarregamento de energia para ajustar a oferta e a demanda de eletricidade em toda uma região.

2018_04_17_Future_Plant_Solar_Project___Photo_07_source

Em resumo, o projeto “Future Plant” ajudará a expandir o uso de energia renovável e criará um sistema que promove a reutilização de baterias de veículos elétricos, além de reduzir a emissão de carbono.

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Um comentário em “Para onde vão as baterias velhas de carros elétricos? Nissan dá o exemplo Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: