Anúncios
Ir para conteúdo

BMW lança aplicativo de assinatura de carros, um “Netflix” automotivo

Porsche e Cadillac já têm serviços semelhantes em cidades dos EUA

O conceito “sob demanda” consagrado por empresas como Netflix (filmes, séries, desenhos e documentários), Spotify e Deezer (música) e tantos outros que fazem sucesso no mundo digital já começa a chegar ao universo automotivo. A BMW acaba de lançar um programa-piloto em Nashville, no estado norte-americano do Tennessee. O serviço promete mudar a forma de se encarar o automóvel, pelo menos em termos de propriedade.

bmw
Experiência em Nashville deverá ser expandida para outras cidades e países

Por uma mensalidade de US$ 2 mil, o cliente pode ficar com vários carros da marca à sua escolha, como o SUV X5 ou o sedã de luxo Série 5. O assinante usa tipos diferentes de carro em cada ocasião, sempre tendo um carro da marca à disposição. E essa mensalidade já inclui seguro, manutenção e eventual serviço de resgate. Em resumo, um verdadeiro “Netflix” automotivo, no qual o cliente escolhe o modelo num amplo cardápio de opções, e usa conforme a sua demanda.

O teste da BMW em Nashville será um laboratório para medir a satisfação dos clientes, a logística do novo modelo de negócio e a viabilidade desse serviço de carros por assinatura. Se o cliente tiver um espírito mais esportivo, ele poderá assinar o “Plano M”, que dá direito a usufruir de todos os carros da divisão esportiva M (Motorsport) da BMW. Incluindo o sofisticado e pouco acessível M6 Gran Coupe, ou ainda as versões M conversíveis. O custo? US$ 3.700 por mês. Inicialmente só esses dois planos serão oferecidos, mas a BMW já estuda um pacote ainda mais acessível, com acesso apenas aos modelos das Séries 1, 2 e 3.

204140_porsche_passport_2017_porsche_ag
Porsche Passport já funciona em Atlanta desde outubro

A mensalidade ainda é mais cara do que o leasing mensal, forma de comércio de carros mais utilizada nos EUA. Mas nesse caso, não é preciso pagar a alta taxa de adesão, e o cliente pode ficar variando de carros por meio de um aplicativo no smartphone. A BMW arca com os custos do programa e da depreciação do veículo, enquanto as concessionárias da cidade cuidam da manutenção, limpeza e entrega dos carros. Se for um sucesso, será expandido para outras cidades americanas e outros países.

PORSCHE E CADILLAC JÁ MANTÊM PROGRAMAS PARECIDOS EM OUTRAS CIDADES AMERICANAS. CLIQUE E LEIA O POST COMPLETO NO BLOG AUTOBUZZ EM IG CARROS

Anúncios

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Um comentário em “BMW lança aplicativo de assinatura de carros, um “Netflix” automotivo Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: