Ir para conteúdo

Dirigir um elétrico pela primeira vez é como brincar de autorama

Por GLAUCO LUCENA

Pela proposta de discutir os novos caminhos do mundo automotivo, AutoBuzz sempre trata com muita atenção o tema da eletrificação. Mas afinal, como é estar a bordo de um veículo elétrico? Minha primeira experiência do tipo foi das mais agradáveis, a bordo do BMW i3, no evento de lançamento dele na Holanda. Foi, por coincidência, minha última avaliação para a revista Autoesporte, onde trabalhei por mais de 12 anos. E já se vão mais de quatro anos dessa reportagem.

BMW-i3-tras

O que mais me chamou a atenção foi o fato de o pedal do acelerador se comportar quase como o acelerador de um carrinho de autorama. Ao tirar o pé totalmente, o freio começa a entrar em ação, o que obriga o motorista a aprender como dosar corretamente as desacelerações. O silêncio quase absoluto também impressiona.

De lá para cá, o i3 chegou ao Brasil, teve cerca de 200 unidades vendidas, passou por recall em função de risco de incêndio, ganhou a companhia do irmão i8 (maior e mais esportivo). Foi sem dúvida um ousado balão de ensaio da marca alemã no país, que pode ganhar impulso caso o governo federal confirme a redução do IPI dos elétricos de 25% para 7%. Hoje ele custa R$ 160 mil, preço muito acima da média global, por conta dos impostos excessivos.

Quer acompanhar a experiência a bordo do BMW i3? Clique aqui e confira minha avaliação para a Autoesporte

BMW-i3-diant

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Um comentário em “Dirigir um elétrico pela primeira vez é como brincar de autorama Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: