Ir para conteúdo

Vendas em fevereiro: VW Amarok passa Ford Ranger, Renault Kwid sobe

Polo e Compass mantêm bom ritmo; briga esquenta entre SUVs compactos

Por GLAUCO LUCENA

Sim, ainda faltam três dias úteis para o encerramento do mês, mas já dá para traçar um cenário de como o mercado se comportou neste mês curto e com feriadão no meio. A maior disparada pode ser creditada à picape VW Amarok, que mal lançou a nova versão Highline V6 e já atropelou a rival Ford Ranger. Foram 1.058 emplacamentos até ontem, contra 662 da rival da Ford. Com isso, ela já é a terceira picape média no ranking do ano, atrás apenas das líderes Toyota Hilux e Chevrolet S10. No acumulado, vendeu 2.167 unidades, ante 2.073 da Ranger.

Outro modelo que galgou posições no ranking foi o Renault Kwid. Com 2.424 emplacamentos, subiu de 17º para 14º, mas ainda está longe das pretensões de volume que a Renault planeja. Já o VW Polo mantém um ritmo forte de vendas neste mês, com 4.011 unidades, perdendo apenas do trio de ferro Chevrolet Onix (10.536), Hyundai HB20 (6.109) e Ford Ka (5.154).

RENAULT_KWID

Entre os SUVs, o Jeep Compass continua puxando a fila, com 2.987 unidades, à frente de todos os SUVs menores que ele. Aliás, a briga entre os compactos pegou fogo, com três modelos muito próximos: Honda HR-V (2.855), Nissan Kicks (2.607) e Hyundai Creta (2.496). O Jeep Renegade está longe do trio, mas espera reagir com o recente aumento do porta-malas nas versões flex, graças à adoção de estepe temporário (de 273 l para 320 litros). Além disso, um facelift está programado para a linha 2019.

 

 

 

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: