Anúncios
Ir para conteúdo

Setor automotivo emprega apenas 17% de mulheres

Por GLAUCO LUCENA

Pesquisa da plataforma Automotive Business aponta que as empresas do setor automotivo no Brasil empregam apenas 17% de mulheres. Em 2013 esse porcentual era de 15%, ou seja, uma evolução muito tímida que revela o machismo nesse setor industrial. E justamente num momento em que a presença feminina seria crucial para os desafios do setor automotivo, já que elas têm um estilo de gestão mais digital, enquanto os homens, via de regra, têm um estilo mais “analógico”, conforme escrevi recentemente no blog AutoBuzz.

A importância das mulheres em cargos de liderança do setor automotivo

Em cargos de gestão é ainda mais difícil encontrar mulheres. O porcentual subiu de 2,8% para 3,7% em cinco anos. Pior: em 87% das empresas do setor, não há mulheres em cargos de presidência ou vice-presidência. Uma das exceções é Ana Theresa Borsari, comandante das marcas Peugeot, Citroën e DS no Brasil. Nesta semana ela foi uma das palestrantes do 1º Fórum “Presença Feminina no Setor Automotivo”, organizado pela Automotive Business. “Precisamos usar o fato de ser mulher como uma vantagem competitiva, pelo nosso estilo de gestão”, afirmou para a plateia, em sua maioria formada por mulheres.

AutoBuzz esteve lá e conta como foram os principais debates do fórum.

Anúncios

Glauco Lucena Ver tudo

Paulistano, nascido em 1967, é jornalista, com formação em Ciências Sociais e MBA em Gestão de Negócios. Desde 1990 atua no setor automotivo. Trabalhou por 24 anos em redações de jornais, revistas e sites, entre eles Autoesporte (Editora Globo), Jornal do Carro (Estadão) e Carsale (UOL).

Recentemente, dentro do Grupo FCA, foi um dos responsáveis pela comunicação da Jeep durante os 3 anos do processo de relançamento da marca no Brasil. Hoje, atua como colunista, consultor, gerador de conteúdo e influenciador digital na área automotiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: